terça-feira, 18 de junho de 2013

NELSON BRANDÃO SOARES, SACERDOTE, INTELECTUAL INTRÉPIDO JORNALISTA, ARTISTA, PERDEMOS ESTE INTEMERATO E INTIMORATO HOMEM DE MUITO VALOR!

Salomão Larêdo, escritor e jornalista



A IGREJA CATÓLICA, EM BELÉM, NO PARÁ, NA AMAZÔNIA, NO BRASIL E NO MUNDO E TODA A HUMANIDADE PERDEU ONTEM UM GRANDE SACERDOTE, O MONSENHOR NELSON BRANDÃO SOARES, INTELECTUAL DE ALTA FORMAÇÃO E LINHAGEM, JORNALISTA, POETA, MÚSICO, DEFENSOR DOS POBRES E OPRIMIDOS, DEFENSOR DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO DA ARQUIDIOCESE DE BELÉM, PAI DOS POBRES DO OLEANA EM SANTA IZABEL, DOS POBRES DO URIBOCA, EM MARITUBA, QUE VIVEU EXCLUSIVAMENTE PARA A IGREJA DE BELÉM DE QUEM SE TORNOU DEFENSOR INTIMORATO E INTEMERATO NUM DOS SEUS MOMENTOS MAIS DIFÍCEIS PERSEGUIDA PELO TEMIDO JORNALISTA PAULO MARANHÃO DONO DA PODEROSA FOLHA DO NORTE E QUE ATACAVA FEROZMENTE A IGREJA DE CRISTO EM BELÉM, SEM DÓ NEM PIEDADE NA DÉCADA DE 1950. TEMPOS DEPOIS, E POR PARTE DE QUEM NÃO CONHECE A HISTÓRIA DA IGREJA EM BELÉM, MONSENHOR NELSON FOI PERSEGUIDO, DESPREZADO, EXCLUIDO E ABANDONADO. JAMAIS SE DEIXOU ABATER. HOMEM PREPARADÍSSIMO, CHEIO DE DONS, SABIA MÚSICA COMO NINGUÉM, FALAVA LATIM, SABIA GREGO, DOMINAVA O IDIOMA FRANCÊS E O ITALIANO. REFORMOU A IGREJA DE SANTANA, RECUPEROU OS ÓRGÃOS DESSA IGREJA E DA CATEDRAL. HOMEM MODERNO E AVANÇADO ABRIU AS PORTAS DE SANTANA AOS INTELECTUAIS, AOS SEUS COLEGAS SACERDOTES QUE QUISERAM CASAR, FAZIA CONFISSÃO E DAVA ABSOLVIÇÃO COMUNITÁRIA, ALTAMENTE HUMANO, ALTA CONSCIÊNCIA SOCIAL E POLÍTICA, INTELECTUAL, APOIOU TODOS OS PERSEGUIDOS NA ÉPOCA DA DITADURA. PUBLICOU LIVROS E SEMPRE TEVE IDEIAS FIRMES, SEGURAS, HOMEM AUTÔNOMO, INDEPENDENTE, AMIGO, HUMILDE, SIMPLES, DE SAÚDE FRÁGIL, SUPEROU AS DIFICULDADES, TODAS E VIVEU, FIRME, SEUS 91 ANOS QUE FEZ EM ABRIL DESTE 2013 QUE O LEVOU PARA A ETERNIDADE. NA MANHÃ DESTE DIA 18 DE JUNHO, APÓS A MISSA DE CORPO PRESENTE, SERÁ ENTERRADO ÀS 10 HORAS NA CRIPTA DA CAPELA MORTUÁRIA DA CATEDRAL QUE ELE TANTO AMOU E DEFENDEU DOS PREDADORES DE NOSSA CULTURA E DO PATRIMÔNIO SACRO QUE ELE SABIA HAVIA SIDO DESVIADO, ELE SE INDIGNOU CONTRA O CONTRATO DE COMODATO FEITO PELA ARQUIDIOCESE DE BELÉM QUE PASSOU OS BENS HISTÓRICOS DA IGREJA DE BELÉM, SOBRETUDO OS PRÉDIOS DO ARCEBISPADO E DA IGREJA DE SANTO ALEXANDRE E OUTROS, AO ESTADO E DEIXOU NUA PATRIMONIAL A IGREJA DE BELÉM E QUASE FOI VOZ ÚNICA A CLAMAR NO DESERTO CONTRA O SAQUE AO PATRIMÔNIO DA IGREJA DE BELÉM E POR CAUSA DISSO, SOFREU AS REPRESÁLIAS.


NOS ÚLTIMOS ANOS ERA REITOR DA CAPELA DO HOSPITAL DA BENEFICENTE PORTUGUESA. NÃO IMAGINEI QUE, QUINTA-FEIRA PASSADA, DIA 13 DE JUNHO, DIA DE SANTO ANTONIO, QUANDO FUI AO SEU APARTAMENTO CONVERSAR MAIS UMA VEZ COM ELE, FOSSE A ÚLTIMA DE MUITOS PAPOS QUE TIVEMOS. DISSE-ME, NESSA OPOTUNIDADE QUE ESTAVA BEM DE SAÚDE E SE SENTINDO BEM, APENAS ALGUMA DOR NO JOELHO. QUIS SABER DA SAÚDE DE SEU COLEGA E EX-ALUNO E AMIGO, PADRE, O TIO DAVID LARÊDO, QUE SE RECUPERA DE UM AVC QUE ONTEM TEVE OUTRO ABALO AO SABER DO FALECIMENTO DE MONSENHOR NELSON, DE PADRE JOÃOZINHO E, DIAS ANTES, DO FALECIMENTO, EM CASTANHAL DO PROFESSOR DAVID AMORIM SÁ, PADRE CASADO.

Salomão Larêdo, Mons. Nelson, Cônego David Larêdo, Pe. José Augusto, Mons. Raimundo Posidônio e o arquiteto Claúdio Pastro

MONSENHOR, HÁ UNS 10 ANOS REPASSOU A MIM E A UM GRUPO DE 10 PESSOAS SUAS AMIGAS DE CONFIANÇA, PASTA COM DOSSIÊ CONTENDO E CONTANDO A SITUAÇÃO DE QUE FOI VÍTIMA DENTRO DA PRÓPRIA IGREJA DE BELÉM. MAIS RECENTEMENTE, CONVERSAMOS SOBRE O CONGRESSO EUCARÍSTICO DE 1953, À ÉPOCA DO ARCEBISPO DOM MÁRIO DE MIRANDA VILLAS-BOAS, DE QUEM FOI AMIGO E SECRETÁRIO. TENHO ENTREVISTAS FEITAS COM MONSENHOR NELSON, UMAS, BEM RECENTES. (Texto e fotos: Salomão Larêdo)



Um comentário:

GPS BARATA disse...

BELÍSSIMO RETROSPECTO...MOREI COM ELE, DOS 14 ANOS E SÓ SAÍ DE SUA CASA PARA ME CASAR, E O CASAMENTO FOI EM SUA CASA, EM MARITUBA...MEUS PARABÉNS!!!